Pular para o conteúdo principal

Postagens

Campanha "Não Fale mal dos outros, olhe para dentro de si"

Quero começar a Campanha "não fale mal dos outros, olhe para dentro de si", seja quem for e para quem for, principalmente para mim, comecei o exercício do não julgamento e também olhar para dentro de mim e descobrir o que me chama atenção para julgar no outro, paro e observo onde aquela característica, aquele incomodo está em mim.
Por exemplo, se começo julgar alguém como teimoso, começo a perceber em mim onde incomoda e por que me incomoda, o que a teimosia representa para mim, quando me incomoda.
É incrível, mas a resposta vem, caso não venha pode ser que seja um ponto cego da minha parte, ou seja, algo que ainda não consigo enxergar ou não quero enxergar, e assim sigo me perguntando o que tanto isso me incomoda, quando menos espero vem a resposta.
Assim eu não jogo energia negativa para cima do outro, quando começo a fazer um julgamento sobre essa pessoa, não atraio energia negativa para mim e ainda faço um exercício de auto-conhecimento.
Cada dia me conheço mais e passo …

Respiração - Fonte de Vida - Ligação com o Mundo Exterior

Na doutrina hindu, a respiração é portadora de importante Energia Vital, o PRANA. Conforme o hinduísmo, o "prana" é agregado às moléculas de oxigênio, ou seja ao absorver o ar, somos abastecidos por essa energia que promove a vitalidade.
A respiração é o que liga o nosso mundo interno ao externo.
Segundo a Metafísica Inspirar refere-se à sua capacidade de absorver a vida e Expirar é a capacidade de se expor e deixar fluir seus conteúdos interiores, é a livre expressão de si.
O processo respiratório expressa a capacidade de absorver e se expor, ao âmbito da troca, do dar e receber. Se a pessoa lida bem com isso em sua vida, seu sistema respiratório será saudável.
Ainda falando da Metafísica, tão brilhantemente colocada por Valcapelli, pessoas com problemas respiratórios estão com a dificuldade em lidar com o ambiente, ou seja demonstra que a pessoa não está suficientemente aberta para os acontecimentos a sua volta, tampouco sentes-se livre para se expressar. Para amenizar os …

Você pode ser a mudança em você

Nem Mais Nem Menos

Excesso de Energia, Deficiência de Energia?
Nenhum dos dois presta. excesso entope, deficiência esvazia; energia vital fuindo é que faz a estrela brilhar.
Mas o que é mesmo energia Vital?
Para os chineses Chi, para os japoneses Ki, para os hindus Prana, algo que diferencia a vida da morte.
Viver é ter Chi em todas as partes do corpo, morrer é perder o Chi.
São três as origens do Chi. A primeira vem dos pais, no momento da concepção, vai sendo gastas aos poucos e não se renova. A segunda vem do alimento e a terceira do ar;estas são gastas o tempo todo e se renovam quando comemos e respiramos.
Para nós ocidentais esse papo de Chi, Ki ou Prana pode soar como algo abstrato, mas na prática da Medicina Tradicional Chinesa ele é uma realidade física, que pode ser  manipulada por um mestre tanto quanto um dente por um dentista.
Somos um sistema, se estamos bem no corpo isso ajuda a elevar nossa mente, e se estamos bem com nosssa mente conseguimos controlar nosso corpo.
Quando não é possível l…

Crenças – Limitadoras e Fortalecedoras

Crenças são as janelas através das quais enxergamos o mundo. Elas nos dão ou nos negam permissão.
Se a sua janela de crenças está coberta de negatividade excessiva, como por exemplo, “o mundo é um lugar perigoso” ou “não se pode confiar em ninguém” você só verá pessoas indignas de confiança a sua volta. Porém o contrário também é verdadeiro “o mundo é um lugar acolhedor” ou “eu posso confiar em mim mesmo” assim você viverá em um mundo onde será capaz de fazer escolhas inteligentes.
Suas crenças determinam suas decisões, como você se sente sobre as coisas e a direção que segue na vida?
Se você estiver se perguntando quais são suas crenças, observe como se sente sobre a vida: - Você sente que está no controle da sua vida? - Sente que sua felicidade atinge níveis excepcionais na maioria do tempo? - Sente-se fortalecido? - Acredita que pode realizar seus sonhos?
A maior parte da nossas crenças foram construídas por afirmações que escutamos sobre nós: - Você não pode fazer isso... - Você não merec…

O que você está fazendo por você!

Constantemente vemos as pessoas receberem desafios do Universo.
Desafios esses que vem através de uma doença, da perda de um emprego, da perda de alguém querido, do surpreendente fim de um relacionamento, enfim, algo que você está lá "sem fazer nada" e vem para sacudir a poeira.
Literalmente é para sacudir a poeira. Muitas vezes o que nos acontece não é ruim, por esse motivo eu chamei de desafio.
O que não percebemos é que o Universo está nos dando a oportunidade de mudar algo que estava precisando ser remexido.
Como não conseguimos ver como algo positivo, reclamamos, esbravejamos e não fazemos nada para mudar o que tem que ser mudado. E quando eu falo nada é nada mesmo. Duvidamos de nós mesmos, se vamos conseguir passar por essa ou aquela situação.
Tem uma questão maior ainda, muitas vezes achamos que só parando de reclamar, fingindo que aceitou a situação resolve.
Lamento!!!
Não resolve!!!!
Só adia o que tem que ser mudado!
E tem um detalhe também, você não precisa sofrer,…

O que faz as Emoções

O que fazem as EmoçõesO pensamento gera uma emoção que gera um comportamento.  O significado que uma pessoa atribui a uma situação, ou a forma como um evento é estruturado (ou construído) por essa pessoa determina como ela se sentirá e se comportará. O corpo acusa o modo como estamos lidando com os acontecimentos. Se nossas emoções estão ligadas nos nossos sistemas corporais, nossas alterações metabólicas estão ligadas também as nossas atividades mentais.  Nesse paralelo entre o físico e o mental você vai compreender que suas atitudes determinam a sua saúde física bem como sua condição de vida. O corpo é uma espécie de sensor que acusa os comportamentos inadequados ou que nós acreditamos ser inadequados. Como estamos em desacordo com o que acreditamos ser certo, essas posturas desencadeiam a desarmonia interior, causando as doenças. Ou seja, produzimos emoções ruins que depois de somatizadas geram então uma doença como alerta de que algo precisa ser adequado. Agora fica aqui uma questão: Se…